E se houvesse leis que…

By | 03/10/2017

Sugestão inicial:

Se houvesse uma lei que multasse em R$ 10,00 por cada palavra ofensiva, acusações sem provas, discurso de ódio, fobia, xenofobia, intolerância e outras soberbas já publicadas impunemente na Internet e outras mídias e R$ 100,00 pelas novas ou reincidentes, sendo essa verba aplicada na educação, saúde e previdência social, solucionaria a falta de recursos nessas áreas. Pense nisso!

Hoje eu resolvi ler alguns comentários em posts colocados por vários pré-candidatos e simpatizantes deles na Internet. Confesso que já sabia o que encontraria lá: ÓDIO! Simples assim. Mas para minha surpresa também pude ver os comentários não têm nada a ver com o tema nem e muito menos com qualquer tipo de ideal ou ideologia. É apenas falta de bom senso mesmo. Pura soberba e desinformação. “Pessoas” felizes, sim, isso mesmo! Felizes e se enaltecendo como suicídio de um, a morte ou a prisão de outro, como se isso fosse resolver o desemprego, a falta de recursos na educação, na saúde e noutras áreas vitais como a segurança interna e externa pois nossas Forças Armadas estão precisando de muita verba para cumprirem a tarefa de defender nossa soberania.

Por isso e muitos outros motivos estarei publicando essa singela sugestão na Internet aos nossos parlamentares. Criem urgente essa Lei. O recursos tão escassos e necessários de que o nosso país precisa pode vir dessas “pessoas” que destilam ódio, ofensas, divisão, separatistas, e tantas outras grosserias que não suportamos nem toleramos mais. Essas “pessoas” são todas bem sucedidas na vida, têm emprego e renda que poderão pagar essas multas sem que isso comprometa sua segurança alimentar, suas férias no exterior ou outras regalias. São os “filhinhos e filhinhas do papai”. Adolescentes, adultos e até coroas sem noção que estão dividindo e fragilizando a nossa NAÇÃO.

PENSEM NISSO!

Gilvan Mendonça